sexta-feira, 12 de abril de 2013

Empreender ou não empreender

Hoje pela manhã fiquei refletindo um pouco sobre a minha vida, a questão que indagava era o porque que eu a todo momento quero empreender alguma coisa, seria uma necessidade louca de expressar os meus sentimentos através de um mecanismo empresarial ou uma necessidade louca de externar ao mundo porque estou aqui. Graças a Deus que achei a resposta em um curto segundo de tempo e gostaria de dividir tal sentimento com você que não sabe o se deve ou não empreender ou não tem capacidade para tal.

Quando iniciei meu primeiro negócio não tinha capacidade nenhuma naquele momento para chegar onde queria, mas eu tinha o principal, o desejo, o sonho.

Descobri que estava sendo movido por um sentimento e uma intuição, com o passar do tempo e com o passar dos vários erros humanos percebi que estava sendo movido por um estilo de vida criado por mim. Então entendi que tudo que fazemos na nossa vida gera ou cria um estilo de vida que nos leva a chegar ou viver alguma coisa.

Mas por que empreender? Esse seria o questionamento inicial. E a resposta é simples, não poderia viver nunca uma vida sem ao menos tentar, não poderia viver uma vida com a dúvida se daria certo, e o que me levava a isso era realmente um desejo louco mas não de expressar para o mundo mas sim de fazer PELO MUNDO.

Em toda a minha vida sempre vivi dificuldades, desafio, erros, acertos, problemas e concertos, mas eu nunca poderei viver um vida com a dúvida se daria certo. Então se você compartilha deste sentimento e não sabe se deve empreender ou passar a vida toda sendo conduzida por um sistema faça como eu, tente, erre, ouça, cresça, aprenda e ACERTE.


O senhor é o meu pastor e nada me faltará.
Com ele aprendo e caminho por toda a eternidade.
Tudo que você faz hoje gerará um novo estilo de vida,
Fiquem com DEUS.

Um comentário:

  1. Adorei a sua mensagem, Rafael!! Parabéns pelo blog!
    Abs,
    Gustavo

    ResponderExcluir